Principal Conheça a Rádio Colunistas Fale Conosco

Maquiagem de Holtz leva quatro horas

Maquiagem de Holtz leva quatro horas  
Braço do Norte - 25/06/2013 - 9:24h

Se você assistiu ao primeiro episódio da nova novela das 23 horas da Rede Globo, deve ter ficado impressionado com a caracterização da atriz Vera Holtz, na pele de Dona Redonda. É muito enchimento e maquiagem para dar vida à senhora de 250 quilos.

Os dias de gravação iniciam cedo para Vera. De acordo com o Jornal Diário, ela chega quatro horas antes das gravações. Doze profissionais viabilizam todo o processo de transformação. O primeiro passo é colocar a prótese de corpo, feita sob medida para não machucar a atriz. Em seguida, é hora de aplicar mãos, pernas e pés. Por serem descartáveis, toda vez que a personagem entra em ação, é preciso criar novas próteses.
Depois é feito um acabamento de pintura, para que tudo pareça bem real. Na sequência, vem a maquiagem e a peruca.
Outra curiosidade é que a cidade cenográfica da nova novela é repleta de referências aos filmes de Tim Burton e os do Harry Potter. A equipe do produtor de arte Guga Feijó foi a responsável por criar o fictício município. A trama, rica, permitiu ousadias.
Para a praça central, foi criado um divertido pavão de topiaria. Inspirado no filme norte-americano “Edward, mãos de tesoura”, a escultura em jardim ganhou identidade brasileira, repleta de flores coloridas. O pavão foi escolhido por ser uma ave bastante exótica e fazer referência à música “Pavão Misterioso”, tema do protagonista João Gibão (Sérgio Guizé).
Dentro da igreja, é possível rezar ao pé da imagem de Santo Dias, padroeiro da cidade, chamada de Bole-Bole e símbolo de uma grande homenagem a Dias Gomes, autor da trama original, de 1976. A peça, fabricada na Bahia, tem 1,2 metro de altura e retrata o mundo do teatro e da televisão.
O interior da prefeitura também chama a atenção. Para decorar as paredes com fotos dos antigos prefeitos de Bole-Bole, a equipe utilizou o rosto do ator José Mayer, intérprete de Zico Rosado, para criar os retratos de homens de várias épocas.
Momento de diversão para a equipe de produção de arte foi dar vida à sala e ao escritório da casa de Aristóbulo (Gabriel Braga Nunes) e sua mãe, Dona Pupu (Aracy Balabanian). Com referências a “Harry Potter” e aos filmes de Tim Burton, uma infinidade de livros, revistas, bibelôs, relógios, porta-retratos, porcelanas, discos e até uma vitrola se espalham pelos ambientes também frequentados por gatos.

Sobre a novela

Saramandaia, de autoria de Ricardo Linhares, é livremente inspirada na obra original de Dias Gomes, com direção de núcleo de Denise Saraceni e direção-geral de Denise Saraceni e de Fabrício Mamberti. A estreia aconteceu ontem. Na trama, há uma briga para trocar o nome de Bole-Bole para Saramandaia. A cidade fica no alto de uma colina e a população costuma ouvir uivos nas noites de quinta-feira.



Por: Marcia Regina

 Conteúdo relacionado

Principal Conheça a Rádio Colunistas Fale Conosco
Tempo Braco Do Norte
Tags mais buscadas:
Empregos Economia Farmácias de Plantão Obtuário Histórico de Áudio Estrevistas Esportes Variedades Classificados Utilidade Pública Recados dos Ouvintes

Rua Vereador Severiano Francisco Sombrio, 684 - Cx. Postal 67 - Centro - Braço do Norte/SC - Fone: (48) 3658-2178 / 3658-2180