Principal Conheça a Rádio Colunistas Fale Conosco

"No fim os médicos até pediram bis", diz paciente que cantou e tocou violão durante cirurgia cerebral em Tubarão

 
Braço do Norte - 03/06/2015 - 09:07h

Em recuperação após uma cirurgia de nove horas para remover um tumor cerebral, Anthony Kulkamp Dias, de 33 anos, comprova que o procedimento foi um sucesso. Com a saúde revigorada e à espera da alta nesta quarta-feira, ele lembra com perfeição do repertório que emocionou a equipe médica do Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão, na quinta-feira passada, durante a operação em que ele cantou e tocou violão o tempo todo.

De uma música autoral que compôs para o filho Emanuel, nascido há três meses, até o clássico sertanejo Telefone Mudo, passando por Roupa Nova, Beatles e canções em alemão, Anthony inovou na monitorização cerebral, em que médicos e paciente interagem para garantir que não ocorram lesões nas áreas sensoriais, motora e da fala durante procedimentos delicados.

Já no quarto descansando, o bancário e músico nas horas vagas natural de Braço do Norte conta que a ideia de cantar partiu dos cirurgiões, já conhecendo o histórico dele com a música.

— Foi muito emocionante, uma presença de Deus mesmo. Fui cantando o que vinha na cabeça e a primeira coisa foi essa homenagem ao meu filho. Depois cantei sertanejo, Beatles e no fim os médicos até pediram bis — lembra.

Anthony descobriu o tumor no cérebro cerca de 15 dias depois do nascimento do filho, que ocorreu em Tubarão porque a família do bancário mora na cidade. A ideia era logo voltar para Monte Castelo, onde trabalha e vive com a esposa Tamara. Mas, depois de ter alguns lapsos de memória e gaguejar durante algumas conversas, ele decidiu investigar, fez uma tomografia e constatou a doença.

— A gente sabe que Deus está no comando de tudo, ainda mais agora com o nosso pequeno pra gente cuidar. Estou muito feliz com o resultado da cirurgia e com toda a equipe do hospital — diz Anthony.

Esta foi a 19ª cirurgia com monitorização cerebral do Hospital Nossa Senhora da Conceição e a primeira em que os testes habituais foram substituídos por música tocada pelo paciente.

DC

Por: Synara M√ľller

 Conte√ļdo relacionado

Principal Conheça a Rádio Colunistas Fale Conosco
Tempo Braco Do Norte
Tags mais buscadas:
Empregos Economia Farmácias de Plantão Obtuário Histórico de Áudio Estrevistas Esportes Variedades Classificados Utilidade Pública Recados dos Ouvintes

Rua Vereador Severiano Francisco Sombrio, 684 - Cx. Postal 67 - Centro - Braço do Norte/SC - Fone: (48) 3658-2178 / 3658-2180